Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Chuvas intensas e temporais marcam Sul do Brasil em dia instável

    Regiões do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná registraram volumes expressivos de precipitação na quarta-feira (19), com alguns locais atingidos por granizo

    Da CNN

    A quarta-feira (19) foi marcada por chuvas intensas e temporais em grande parte da região Sul do país.

    Volumes expressivos no Rio Grande do Sul

    No Rio Grande do Sul, as chuvas foram generalizadas, com temporais concentrados principalmente no centro, sul e oeste do estado. Os volumes de precipitação acumulados desde o fim de semana provocaram novos alagamentos em diversas cidades, inclusive em bairros de Porto Alegre que já haviam sido atingidos no mês passado.

    Além da chuva forte, várias cidades gaúchas registraram queda de granizo, especialmente nas primeiras horas do dia. Em Bajé, Capão da Canoa, Pelotas e Piratini, as pedras de gelo acumuladas no chão chegaram a lembrar neve.

    Acumulados acima da média em junho

    Somente nos primeiros dias de junho, muitas cidades gaúchas já receberam volumes de chuva superiores à média esperada para todo o mês. É o caso de Cambará do Sul, com 269 milímetros (média de 117 mm), Morrinhos do Sul, Torres e Porto Alegre. Até mesmo cidades de outros estados, como Chapecó, em Santa Catarina, apresentaram acumulados muito elevados.

    Para esta quinta-feira (20), as instabilidades continuam sobre o Sul, com tempo nublado e risco de chuvas isoladas, principalmente na metade norte do Rio Grande do Sul, oeste catarinense e paranaense. No entanto, os volumes previstos não devem ser tão expressivos, variando entre 5 e 10 milímetros.

    O Centro de Monitoramento de Desastres Naturais mantém os alertas para alagamentos e deslizamentos em várias áreas gaúchas.

    Os textos gerados por inteligência artificial na CNN Brasil são feitos com base nos cortes de vídeos dos jornais de sua programação. Todas as informações são apuradas e checadas por jornalistas. O texto final também passa pela revisão da equipe de jornalismo da CNNClique aqui para saber mais

    (Publicado por Raphael Bueno, da CNN Brasil)