Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Sobe para 120 o número de mortes no desastre provocado pelas chuvas em Petrópolis (RJ)

    Pelo menos 323 deslizamentos foram registrados; Policia Civil recebeu 134 registros de desaparecimentos

    Camile CoutoStéfano SallesAndré Rigueda CNN

    Rio de Janeiro e São Paulo

    Subiu para 120 o número de mortos em decorrência das fortes chuvas que atingiram a cidade de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro. A Defesa Civil estadual segue com as buscas na região. A Polícia Civil recebeu 134 registros de desaparecimentos até esta quinta-feira (17).

    Ainda segundo informou a Secretaria de Defesa Civil, também foram contabilizados 323 deslizamentos e 399 ocorrências.

    O município segue em estágio de crise e a prefeitura pede que população evite sair de casa. A previsão do tempo para esta quinta-feira indica a possibilidade de novas tempestades.

    Na última terça-feira, em apenas seis horas choveu 260 milímetros. O acumulado foi maior do que todo o esperado para o mês de fevereiro.

    Com o acúmulo de lama e lixo arrastado pelas águas, vários pontos do Centro estão com vias obstruídas. A orientação é que pessoas de outras regiões evitem a cidade. As aulas na rede pública foram suspensas.

    Para atender as pessoas que vivem em áreas de risco e tiveram que deixar suas casas, foram abertos pontos de apoio.

    Até a madrugada desta quinta, 849 pessoas estavam acolhidas em 19 pontos de apoio montados em escolas da rede pública.

    Nesses locais, a população recebe o suporte de assistentes sociais, profissionais de saúde, educação, agentes comunitários, além da própria Defesa Civil.

    Até o momento, na localidade conhecida como Morro da Oficina, no Alto da Serra, é estimado que 40 casas estejam soterradas. Os resgates estão concentrados na região. Também há registros de estragos em outras regiões como 24 de Maio, Caxambu, Sargento Boening, Moinho Preto, Vila Felipe, Vila Militar e as ruas Uruguai, Washington Luiz e Coronel Veiga.

    Fotos – Impactos das chuvas em Petrópolis

    Participam das operações no local 500 agentes dos bombeiros e militares, distribuídos em 44 pontos, 200 policiais civis e 210 policiais militares, além de 9 helicópteros e 190 veículos.

    Para o socorro das vítimas, os bombeiros também abriram um hospital de campanha com dez leitos.

    Em caso de emergência as pessoas devem ligar para o 199.

    Verbas

    O governador do Rio de Janeiro sancionou nesta quinta-feira (17) o projeto de lei que aprovou, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), uma doação de R$ 30 milhões para que a cidade de Petrópolis. Com isto, as destinações financeiras dos legislativos chegam a R$ 79 milhões.