Polícia Civil abre inquérito para investigar desabamento em Nilópolis (RJ)

Perícia foi feita horas depois do acidente que deixou um morto e três feridos na cidade da Baixada Fluminense

Lucas JanonePedro DuranJulyanne Jucáda CNN

no Rio de Janeiro e em São Paulo

Ouvir notícia

A Polícia Civil do Rio de Janeiro abriu um inquérito para investigar o desabamento de um prédio, neste domingo (24), em Nilópolis, na Baixada Fluminense. Um jovem de 26 anos morreu e outras três pessoas ficaram feridas. Equipes da 57ª Delegacia Policial foram até local para tentar ouvir testemunhas. A intenção dos trabalhos é identificar causas e eventuais responsáveis pela tragédia.

Os peritos da Polícia Civil chegaram no local por volta das 10h50 da manhã deste domingo. Eles fizeram uma espécie de varredura no local e farão exames complementares.

A prefeitura de Nilópolis informou em nota que “uma das vítimas que retornou ao local disse que perceberam algo diferente em uma das colunas e cogitaram acionar a Defesa Civil, mas isso não foi feito”. Essa deve ser uma das linhas investigadas pela polícia.

Segundo a administração da cidade, o prédio foi erguido há 22 anos, estava regularizado e não passava por obras no momento. O edifício de três andares desabou por volta das 6h30. Um homem foi localizado nos escombros e três feridos foram resgatados e levados para o Hospital Geral de Nova Iguaçu.

Jorge Brandão, 54, Giovana Amorim, 19, e Nircéia Souza, 62, receberam atendimento, foram examinados e já foram liberados.

Mais Recentes da CNN