Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Primeiras aeronaves decolam do Aeroporto Salgado Filho desde as enchentes; veja vídeo

    “Para mim como gaúcho, essa decolagem para mim simboliza o início da construção dos nossos aeroportos", disse piloto

    Guilherme Gamada CNN

    São Paulo

    As aeronaves que ficaram presas no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre (RS), por conta das enchentes que atingiram o estado começaram a voltar a voar.

    Neste sábado (8), oito aeronaves decolaram, de acordo com a Fraport, concessionária responsável pelo aeroporto.

    Entre elas, está o avião PT-RQK, que estava há mais de um mês no complexo aeroportuário, de acordo com o proprietário e piloto Fábio Borille, que afirma ter feito o primeiro voo de decolagem do local, desde a inundação.

    A decolagem aconteceu ao meio-dia deste sábado (8) e foi registrada pela página Câmeras Aeroporto Porto Alegre BrAmigos. Durante o voo, o piloto agradece os esforços das autoridades e afirma por meio do rádio de comunicação: “Para mim como gaúcho, essa decolagem para mim simboliza o início da construção dos nossos aeroportos.”

    A aeronave havia feito o último voo no dia 1º de maio, quando pousou no Aeroporto Salgado Filho em meio às fortes chuvas. Em entrevista à CNN, Fábio Borille relata o medo de perder o veículo pelas águas que, de acordo com ele, chegaram a 1,5 metro no local. “Quando o nível baixou, iniciamos os trabalhos de preservação dos motores e tiramos água dos cilindros”, conta.

    Uma aeronave ainda deve decolar nesta primeira fase da operação de retirada de 9 aviões, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Ao todo, 47 aeronaves ficaram retidas pelo alagamento do aeroporto, que teve suas operações suspensas desde o dia 3 de maio.

    Sem previsão de retorno das atividades

    No Fórum Esfera, o ministro dos Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, abordou a situação do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Em suas declarações, ele destacou que no momento certo o governo federal irá se pronunciar sobre quando o aeroporto vai voltar a funcionar.

    “Na hora certa, o ministério vai falar objetivamente e oficialmente sobre o aeroporto Salgado Filho. O que temos são declarações de A e B que de fato não condizem com a realidade dos prazos”, afirmou o ministro à CNN durante o Fórum Esfera, que reúne políticos e empresários em Guarujá, no litoral paulista.
    Silvio Costa Filho informou que na última sexta-feira houve a limpeza no terminal do aeroporto e que estão sendo realizados diagnósticos para avaliar os danos. “Estamos fazendo todo diagnóstico do aeroporto para saber o que foi danificado ou não”, explicou.

    Questionada a concessionária Fraport, empresa responsável por administrar o local, disse que a entrega em dezembro uma possibilidade, desde que as intervenções na pista não tragam a necessidade de uma reconstrução total, e seja possível ter todos os equipamentos do aeroporto disponíveis para início da operação.
    No início da semana, a Fraport disse que o aeroporto poderia ser reaberto em dezembro de 2024.

    *Com informações de Renan Fiuza