STF decide sobre vacinação, caso de assédio na Alesp e mais de 18 de dezembro

As notícias mais importantes do começo desta sexta-feira, 18 de dezembro

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a obrigatoriedade da vacina, a mortalidade maior por Covid-19 comparada à gripe e a denúncia de assédio na Alesp são alguns dos destaques da manhã desta sexta-feira, 18 de dezembro de 2020.

Decisão

O Supremo Tribunal Federal (STF) definiu a vacinação contra a Covid-19 como obrigatória, com a ressalva de que as pessoas não sejam forçadas a se imunizar. Para os ministros, quem não tomar a vacina pode sofrer algumas sanções. Nas últimas 24 horas, foram registradas 1.092 mortes por Covid-19 no Brasil.

Denúncia de assédio

A deputada estadual Isa Penna (PSOL) foi alvo de assédio e sofreu importunação sexual do deputado Fernando Cury (Cidadania), em sessão da Assembleia Legislativa de São Paulo. Ela fez uma denúncia na comissão de ética da instituição, que vai avaliar o caso.

Recomendada

O comitê técnico da FDA (Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos, órgão equivalente à Anvisa) recomendou a aprovação emergencial da vacina Moderna contra a Covid-19. O imunizante ainda não foi autorizado e vai ser analisado pelo órgão.

Mais letal

Uma pesquisa divulgada pela revista “The Lancet Respiratory Medicine” mostrou que a Covid-19 é muito mais grave do que a gripe. A taxa de mortalidade para pacientes hospitalizados com o novo coronavirus foi três vezes maior do que dos pacientes com gripe. O estudo examinou mais de 130 mil dados.

IPVA

Os proprietários de veículos do estado de São Paulo vão pagar menos IPVA em 2021. Segundo a Secretaria da Fazenda, o valor do imposto ficará, em média, 6,7% mais barato.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Publicado por: André Rigue)

Mais Recentes da CNN