Todas as capitais já iniciaram a vacinação infantil contra a Covid-19

Palmas (TO) e Cuiabá (MT) aplicaram as primeiras doses pediátricas nas crianças entre 5 e 11 anos nesta quinta-feira (20)

Myke Sena/MS

Álvaro GadelhaGiovanna BronzeGiulia AlecrimJulyanne Jucáda CNN*

em São Paulo

Ouvir notícia

Todas as capitais estaduais e o Distrito Federal já aplicaram as primeiras doses da vacina pediátrica contra a Covid-19, destinada a crianças entre 5 e 11 anos de idade, segundo levantamento feito pela Agência CNN.

Nesta quinta-feira (20), as cidades de Palmas (TO) e Cuiabá (MT) iniciaram a campanha e completaram a lista no âmbito nacional.

Nas redes sociais, a capital do Tocantins publicou um vídeo com a primeira criança a ser imunizada, uma garota de 10 anos de idade. A primeira aplicação foi feita em São Paulo (SP), no dia 14 de janeiro.

Até o momento, a vacina da Pfizer é a única liberada pela autoridade sanitária para ser aplicada nesta faixa etária. A Anvisa avalia nesta quinta-feira a viabilidade de liberar, também, a imunização com a Coronavac.

O imunizante da farmacêutica norte-americana recebeu autorização da Agência Nacional de Vigilância de Saúde (Anvisa) em 16 de dezembro para ser aplicado em crianças de 5 a 11 anos no Brasil.

No entanto, o recebimento e distribuição das doses só ocorreu após uma consulta pública demandada pelo governo federal e realizada em 4 de janeiro.

Ao todo, o Brasil deve receber 4,3 milhões de doses em janeiro. Para fevereiro, a expectativa é que a Pfizer entregue mais 7,2 milhões de doses e, em março, mais 8,4 milhões de imunizantes. O esquema vacinal para crianças é composto por duas doses com intervalo de oito semanas.

Vacinação de crianças contra a Covid-19 no Brasil

*Com informações de Anna Gabriela Costa e Giovanna Galvani, da CNN

Mais Recentes da CNN