Entenda como funcionava o suposto esquema de desvios do Sistema S do Rio

Confira abaixo como se organizou o esquema de subcontratação de escritórios de advocacia para realizar lobby no TCU e STJ para blindar Orlando Diniz

Da CNN
09 de setembro de 2020 às 17:26 | Atualizado 09 de setembro de 2020 às 18:10

A Polícia Federal cumpriu mandados nesta quinta-feira (9) frutos da operação que surgiu da delação premiada de Orlando Diniz, ex-presidente da Fecomércio RJ. Segundo o Ministério Público, pessoas citadas por Diniz teriam desviado pelo menos R$ 151 milhões, em contratos de mais de R$ 355 milhões da instituição, do Sesc e do Senac.

Entre os investigados estão e o ex-advogado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) Frederick Wassef e o advogado do ex-presidente Lula (PT) Cristiano Zanin.

No total a ação da PF cumpre 51 mandados de busca e apreensão em escritórios de advocacia e empresas em seis estados.

Confira abaixo como, segundo a PF, se organizou um esquema de subcontratação de escritórios de advocacia para realizar lobby no Tribunal de Contas da União e no Superior Tribunal de Justiça e blindar o então presidente da Fecomércio RJ.

Fase 1

Entenda como funcionava o suposto esquema de desvios
Foto: Reprodução/CNN (09.set.2020)

A primeira fase do esquema de corrupção teria o advogado Cristiano Zanin como mentor. Na denúncia de mais de 500 páginas, a PF afirma que a investigação se iniciou com apurações de corrupção contra o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral, que levaram a contratos do escritório de advocacia da esposa de Cabral, Adriana Ancelmo.

Entre os contratos firmados pelo escritório de Adriana haveria alguns com a Fecomércio RJ, que somavam R$ 20 milhões, firmados durante a gestão de Orlando Diniz.

Leia também

         Entenda o que é o Sistema S, pivô de esquema investigado pela Lava Jato no RJ

O que dizem os citados na Operação E$quema S

Auditor do TCU é investigado em operação que mira desvios no Sistema S

'Bretas está cometendo inúmeros equívocos', diz advogado sobre operação no RJ

De acordo com os investigadores, ao seguir o rastro do dinheiro da gestão, eles viram que a Fecomércio RJ gastava volume desproporcional em contratos advocatícios, especialmente com os advogados Cristiano Zanin, que representava o ex-presidente Lula e Roberto Teixeira, compadre de Lula.

Ao analisar os pagamentos da Fecormécio RJ, a PF encontrou uma rede intrincada de escritórios de advocacia que eram subcontratados como maneira de influenciar decisões no TCU e STJ.

O objetivo do dinheiro desviado seria influenciar e blindar a gestão de Orlando Diniz de investigações do TCU e STJ. Para isso, escritórios de advocacia de ex-ministros e filhos de ministros do TCU e STJ receberiam repasses indevidos.

Segundo os investigadores, após Orlando Diniz ter fechado esquema de colaboração premiada, ele apresentou emails e dados que confirmariam a existência do esquema.

Fase 2

Entenda como funcionava o suposto esquema de desvios
Foto: Reprodução/CNN (09.set.2020)

Na segunda fase do esquema, o publicitário Marcelo Cazzo teria substituído Zanin como arquiteto da estrutura de subcontratação de escritórios de advocacia. Foi Cazzo que teria indicado a Diniz a contratação do escritório de Luiza Eluf para fazer parte do processo.

Entre 2016 e 2017, Diniz repassou um total de R$ 4.475.000 para Eluf. Os investigadores dizem que o montante foi repassado pela advogada de maneira fracionada, a fim de evitar chamar atenção do COAF (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

De acordo com a investigação, os receptores do dinheiro foram Frederick Wassef, ex-advogado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), que recebeu R$ 3.059.000. O restante teria ido para a advogada Márcio Zampiron.

Os investigadores acreditam que o escritório de Eluf serviu como fachada para que o dinheiro chegasse até Wassef.

Veja a lista completa dos alvos da operação desta quarta-feira:

1 - Adriana Anselmo
2 - Advocacia Gonçalves Coelho
3 - Almari Participações Ltda
4 - Almeida e Teixeira Advocacia
5 - Ana Tereza Basílio
6 - Antônio Augusto de Souza Coelho
7 - Basílio Sociedade de Advogados
8 - Basílio Di Marino e Faria advogados
9 - Caio César Vieira Rocha
10 - Carlos Christian Reis Teixeira
11 - CCVR Participações Ltda
12 - César Asfor Rocha Sociedade de Advogados
13 - Cia de Participações Immacolata Concezione
14 - Construtora Coutinho Eireli
15 - Corseque Security Systems Ltda
16 - Coutinho Empreendimentos Imobiliários
17 - Cristiano Rondon Prado de Albuquerque
18 - Cristiano Zanin Martins
19 - Daniel Beltrão de Rossiter Corrêa
20 - Diogo Amorim Gaia Duarte
21 - Edgard Hermelino Leite Junior
22 - Edgard Leite Advogados
23 - Eduardo Filipe Alves Martins
24 - Efan Participações Eireli
25 - Efeich Participações e Investimentos Ltda
26 - Elayne Lima Ferreira Fonseca
28 - Eluf e Santos Sociedade de Advogados
29 - Escritório de Advocacia Martins, Martins e Rossiter
30 - Escritório de Advocacia Zveiter
31 - Eurico Jesus Teles Neto
31 - Eurico Jesus Advocacia Empresarial
32 - Farias Advogados Associados
33 - Fernando Lopes Hargreaves
34 - Ferreira Leão Advogados Associados
35 - Flávio Zveiter
36 - Fonseca Advogados e Consultoria
37 - Fortex Engenharia Ltda
38 - FR Participações Ltda
39 - Francisco César Asfor Rocha
40 - Frederick Wassef
41 - FX Participações S/A
42 - Gandhi e Pugsley Advogados
43 - Hargreaves e Advogados Associados
44 - Hermann de Almeida Coelho
45 - Ivan Gonçalves Ribeiro Guimarães
46 - Jamilson Santos de Farias
47 - João Cândido Martins Ferreira Leão
48 - José Roberto de Albuquerque Sampaio
49 - José Roberto Sampaio Sociedade de Advogados
50 - Leonardo Henrique Magalhães de Oliveira
51 - Leonardo Henrique Magalhães de Oliveira Advogados
52 - Luíza Nagib Eluf
53 - Marcelo Cazzo
54 - Marcelo Henrique de Oliveira
55 - Marcelo Nobre Sociedade Individual de Advogados
56 - Marcelo Rossi Nobre
57 - Márcia Carina Castelo Branco Zampiron
58 - Márcia Carina Castelo Branco Zampiron Sociedade Individual de Advocacia
59 - Maria Cristina da Costa Fonseca
60 - Maria da Conceição Coelho
51 - Mito Participações Ltda
52 - Triza Participações Ltda
53 - Attma Participações Ltda
54 - Oliveira e Brauner (Oliveira Advogados Associados)
55 - Oliveira, Moraes e Silva Advogados e Hannover Administradora de Bens Próprios Ltda
56 - PI Representação, Publicidade de Marketing Ltda
57 - Roberto Teixeira
58 - Rossiter Advocacia
59 - Silva Advogado - Sociedade Individual de Advocacia
60 - Teixeira Martins e Advogados
61 - Tiago Cedraz Leite Oliveira
62 - Tiago Pugsley
63 - Vladimir Spindola Silva
64 - Wassef e Sonnenburg Sociedade de Advogados

(Edição: Sinara Peixoto)