Assembleia de São Paulo discute criação de CPI sobre a Prevent Senior

Deputado estadual Paulo Fiorillo (PT) apresentou pedido de instalação de comissão para investigar possíveis crimes cometidos pela empresa na pandemia

Assembleia Legislativa de São Paulo pode aprovar a criação da CPI já na semana que vem
Assembleia Legislativa de São Paulo pode aprovar a criação da CPI já na semana que vem Foto: Divulgação/Alesp

Bruna Macedoda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) pode ser aberta na Assembleia Legislativa de São Paulo para investigar possíveis crimes cometidos pela Prevent Senior no enfrentamento da pandemia de Covid-19.

O pedido de criação da comissão foi feito pelo deputado estadual Paulo Fiorillo (PT). A informação também foi comentada nesta sexta-feira (24) pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

A CPI da Pandemia, que funciona no Senado, recebeu um dossiê feito por médicos que trabalharam ou trabalham na empresa com acusações como a realização de testes com hidroxicloroquina em pacientes com Covid-29 sem o conhecimento deles.

O documento, ao qual a CNN teve acesso, também tem denúncias sobre a prescrição indiscriminada de cloroquina, azitromicina e ivermectina, remédios que não têm eficácia comprovada contra a Covid-19, mesmo para pacientes sem sintomas da doença.

Ainda há acusações sobre a troca do código de diagnóstico da doença em pacientes com Covid e de fraude de certidões de óbito de vítimas da doença.

Em depoimento à CPI, no Senado, o diretor-executivo da empresa Pedro Benedito Batista Junior admitiu a troca do código, mas negou que a empresa tenha cometido fraudes em prontuários. Os senadores decidiram incluí-lo na lista de investigados da comissão.

O Ministério Público de São Paulo também criou uma força-tarefa para investigar as ações da empresa.

“Independentemente disso, a orientação do governo para a Secretaria de Saúde de São Paulo é para se aprofundar imediatamente também nas investigações, principalmente em relação aos números de mortes apresentadas pela Prevent Senior”, afirmou Doria.

 

Mais Recentes da CNN