Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Bolsonaro chega a aeroporto nos EUA para viagem de volta ao Brasil

    Ex-presidente conversou e tirou foto com apoiadores; desembarque está previsto para as 7h10 no Aeroporto Internacional de Brasília

    Da CNN

    O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) chegou ao aeroporto de Orlando nesta quarta-feira (29) para sua viagem da Flórida, nos Estados Unidos, para o Brasil. A CNN está acompanhando a volta de Bolsonaro ao país, que acontece após três meses de sua partida, em 30 de dezembro.

    Logo que chegou ao terminal aéreo, Bolsonaro conversou e tirou fotos com apoiadores no saguão aeroporto, tecendo críticas ao “socialismo” e dizendo que seu governo acolheu “milhares de venezuelanos”.

    “Teve gente que foi enganada pelo socialismo. Espero que o Brasil não mergulhe, não vá por esse caminho. E a Venezuela é o país mais rico do mundo em petróleo, era para ser um paraíso lá. Somos escravos das nossas escolhas”, pontuou.

    Ainda no aeroporto, Bolsonaro concedeu entrevista exclusiva à CNN. Entre outros temas, ele afirmou que fará oposição “responsável” ao atual presidente, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e fez críticas ao atual mandatário: “Esse governo é uma oposição por si só”.

    O desembarque está previsto para as 7h10, no Aeroporto Internacional de Brasília. O ex-chefe de Estado viajou para o exterior dois dias antes do fim de seu mandato. Ele não participou da passagem da faixa presidencial para Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    Durante o período nos EUA, ele se hospedou na casa do lutador José Aldo e participou de um evento conservador, no qual também esteve presente Donald Trump.

    Os planos do ex-mandatário para sua volta incluíam desfile em carro aberto e até discurso para apoiadores após o desembarque. O Partido Liberal (PL) também discutiu fazer anúncio nas redes sociais e mobilizar a militância bolsonarista.

    Entretanto, isso não deve ser possível devido ao esquema de segurança da Polícia Federal (PF), que recomendou que Bolsonaro não saia pelo saguão do aeroporto, utilizando uma rota alternativa.

    Além disso, não serão permitidas manifestações e novos acampamentos em determinados locais. A PF também recomenda que as pessoas evitem ir ao aeroporto, para não atrapalhar o andamento dos voos.

    Assim, o Partido Liberal também informou, em nota, que “não está previsto qualquer evento ou fala do ex-presidente”.

    Após o desembarque, ele encontrará com Michelle Bolsonaro, Valdemar Costa Neto e o general Braga Netto. Eles devem, então, se reunir com outras autoridades na sede do PL, no Complexo Brasil, em Brasília.

    Tanto o PL quanto Jair Bolsonaro ficaram irritados com as determinações das autoridades, pois visavam fazer dessa volta um evento para marcar o retorno do “líder da oposição”.

    O esquema de segurança em Brasília foi reforçado, devendo contar com mais de 500 policiais. Saiba todos os detalhes do plano de segurança nesta matéria.

    Presidente de honra do PL

    O PL informou que Jair Bolsonaro será o presidente de honra do partido. Ele deve assumir o compromisso assim que desembarcar no Brasil. Conforme antecipado por Gustavo Uribe, analista de Política da CNN, a expectativa é que o salário que o ex-chefe de Estado receberá a partir de abril seja de R$ 41,6 mil.

    Segundo a assessoria do partido, o convite para o cargo de honra foi feito pelo presidente do PL, Valdemar Costa Neto.

    Bolsonaro se filiou à sigla em novembro de 2021. Antes, ficou cerca de dois anos sem partido, após sair do PSL, pelo qual se elegeu presidente em 2018.


    (*Publicado por Douglas Porto)