Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Lula terá que manter posição de independência em visita à China, diz ex-embaixador

    Em entrevista à CNN neste domingo (12), o ex-embaixador brasileiro nos Estados Unidos Rubens Barbosa falou sobre as visitas internacionais do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

    Fernanda PinottiLetícia Britoda CNN em São Paulo

    Em entrevista à CNN neste domingo (12), o ex-embaixador brasileiro nos Estados Unidos Rubens Barbosa falou sobre as visitas internacionais do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

    “Desde o início, Lula mostrou a intenção de levar o Brasil de volta ao cenário internacional”, disse. E pontuou que além das visitas a países da América do Sul e aos Estados Unidos, o presidente já sinalizou que irá visitar a China e países da África também.

    Na avaliação do embaixador, Lula deve evitar se envolver no conflito entre EUA e China quando for ao país asiático. O encontro deve ter um tom mais comercial do que político.

    “Brasil terá que repetir a posição de independência que adota com a Rússia“, disse.

    Barbosa também considera que o tom adotado até agora pelo governo brasileiro em relação à guerra entre Rússia e Ucrânia está correto. “Está relacionado à posição de equidistância que o país quer manter, sem envolvimento direto”, falou. “Temos interesses comerciais a preservar.”

    Para ele, a posição adotada pelo país na Assembleia-geral das Nações Unidas já explicita que o Brasil condena a invasão territorial promovida pela Rússia.

    Veja a entrevista completa no vídeo acima.