Equipe da OMS encerra quarentena e começa investigação em Wuhan

Cientistas viajaram à China para investigar as origens da Covid-19; após 14 dias isolados em hotel nesta, eles iniciaram pesquisas de campo

Por Sandi Sidhu, da CNN
28 de janeiro de 2021 às 03:53 | Atualizado 28 de janeiro de 2021 às 13:40

 

Uma equipe de investigadores internacionais da Organização Mundial da Saúde (OMS) termina, nesta quinta-feira (28), a quarentena contra Covid-19 a que estão submetidos desde a chegada na China, segundo informações  da agência de mídia estatal chinesa CGTN.

A CGTN relata que o painel de especialistas conduzirá pesquisas científicas com especialistas locais, após completar sua quarentena de 14 dias em um hotel de Wuhan.

"Os dois lados logo conduzirão um trabalho de campo conjunto", disse um boletim da mídia estatal.

Xi Jinping, acena para moradores de Wuhan

Presidente da China, Xi Jinping, acena para moradores de Wuhan; cidade retoma aos poucos suas atividades
Foto: Ju Peng - 10.mar.2020/Xinhua via REUTERS

O Dr. Peter Daszak, um cientista britânico baseado em Nova York, tuitou na quinta-feira que ele está "Indo para a próxima fase de trabalho agora com equipe de missão da OMS e contrapartes na China."

A professora Marion Koopman, da Holanda, disse à CNN na quarta-feira que o painel internacional conduziu reuniões do Zoom durante a quarentena com cientistas chineses que estudam a origem do vírus desde o surto.

O painel de especialistas da OMS, formado por 13 membros, chegou à China em 14 de janeiro, com outros dois especialistas inicialmente barrados após testarem positivo o novo coronavírus.