Anvisa espera vacinas totalmente nacionais contra Covid-19, diz gerente-geral

Gustavo Mendes, gerente-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da agência, não detalhou, porém, quais são essas iniciativas

Lucas Janone, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia
Fachada da sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)Segundo gerente-geral, agência espera ter no país vacinas totalmente nacionais
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O gerente-geral de Medicamentos e Produtos Biológicos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Gustavo Mendes, afirmou à CNN Rádio, nesta quinta-feira (4), que vacinas totalmente brasileiras contra a Covid-19 estão sendo desenvolvidas e que essas iniciativas já mantêm contato com o órgão regulador em busca de um futuro registro emergencial no país. 

No entanto, Mendes não detalhou quais são essas iniciativas. “Temos no Brasil algumas inciativas de vacinas produzidas localmente e, por isso, eu acredito que teremos um portfólio grande de imunizantes contra o coronavírus no país”, disse o gerente-geral. 

Além de imunizantes nacionais, laboratórios como o Sanofi, da França, e a Bharat, da Índia, já se reuniram com representantes da Anvisa. O objetivo do encontro era viabilizar um registro emergencial para as respectivas vacinas. 

“A Anvisa é procurada por muitas empresas, e o primeiro passo é fazer uma reunião de pré-submissão. Antes dos laboratórios enviarem documentos, conversamos com eles para entender qual é a vacina e quais são os dados. Já nos reunimos com empresas do Japão, Rússia e outras”, disse o gerente-geral.  

Mendes também falou sobre o fim da obrigatoriedade da fase 3 para o registro emergencial de vacinas contra o novo coronavírus. Ele disse que a medida agiliza o processo, mas não o torna menos eficiente, já que o teste pode ser realizado em outros países e não só no Brasil.

Mais Recentes da CNN