Brasil registra 224.567 casos de Covid-19 em 24 horas e bate novo recorde

Com 570 óbitos registrados, país tem maior número de mortes por Covid-19 desde novembro de 2021

Ingrid Oliveirada CNN

Ouvir notícia

O Brasil registrou, nas últimas 24 horas, 224.567 casos de Covid-19 — um novo recorde desde o início da pandemia (o anterior foi no último 19 de janeiro, quando o país havia registrado 204.854 casos da doença).

Com 570 mortes decorrentes da Covid-19 registradas nas últimas 24 horas, o país também atingiu o maior número de óbitos desde 13 de novembro de 2021.

Os dados são do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde).

A média móvel de casos, que considera os últimos sete dias, chegou a 159.877 infecções — recorde pelo nono dia consecutivo. Já a média móvel de óbitos decorrentes da Covid-19 está em 365.

Ainda de acordo com dados do Conass, o país enfrenta a pior semana epidemiológica desde o início da pandemia, com 933.452 casos entre 16 e 22 de janeiro.

Desde o início da pandemia, o Brasil acumula 24.535.884 casos de Covid-19 e 624.413 óbitos.

Avanço da variante Ômicron

Com o avanço da variante Ômicron, o Brasil está registrando sucessivos recordes na taxa de transmissão da Covid-19. Na última semana, de 16 a 23 de janeiro, a taxa de contágio chegou a 1.78, o maior valor desde janeiro de 2021. Já a transmissão do novo coronavírus em São Paulo atingiu 1.79, a maior taxa para a capital paulista desde que os dados foram computados. Isso significa que cada 100 pessoas infectadas transmitem a Covid-19 para outras 179.

Os dados são de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp), que produzem o Info Tracker, responsável por monitorar o avanço e o ritmo de contaminação da doença no país. O matemático e coordenador da plataforma, Wallace Casaca, afirmou em entrevista à CNN nesta quarta-feira (26) que a velocidade de transmissão da variante Ômicron é algo sem precedentes na comunidade científica. Leia mais.

Ocupação dos leitos de UTI no Brasil

Um levantamento feito pela CNN, nesta quarta-feira (26), junto às Secretarias Estaduais de Saúde mostrou que ao menos seis estados brasileiros e o Distrito Federal estão com mais de 80% dos leitos de UTI ocupados.

São eles Espírito Santo (80,99%), Pernambuco (81%), Goiás (84,57%), Mato Grosso (84,72%), Rondônia (85,50%), Mato Grosso do Sul (87%). O Distrito Federal está com 100% dos leitos de Terapia Intensiva ocupados. Leia mais.

São Paulo vacina 500 mil crianças

estado de São Paulo já aplicou a primeira dose de vacinas contra a Covid-19 em 500 mil crianças de 5 a 11 anos.

Esse grupo começou a ser vacinado com a Coronavac em 22 de janeiro. Segundo o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchteyn, até a primeira quinzena de fevereiro todas as crianças receberão uma dose de vacinas contra a Covid. Leia mais.

Mais Recentes da CNN