Brasil tem semana com menor número de mortes por Covid-19 desde abril de 2020

Nas últimas 24 horas, foram registrados 483 óbitos e 11.250 casos da doença no país; Brasil é o oitavo do mundo em número de mortes em proporção à população

Número de novos casos notificados nesta semana, de 71.545, é também o menor desde a semana encerrada em 9 de maio
Número de novos casos notificados nesta semana, de 71.545, é também o menor desde a semana encerrada em 9 de maio Josué Damacena/IOC/Fiocruz

Juliana Eliasda CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou 483 mortes e 11.250 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. Os dados são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass).

Com isso, o país soma um total de 603.152 mortes e 21.638.726 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, em março de 2020.

No total da semana epidemiológica encerrada neste sábado, foram notificadas 2.323 mortes pela doença – é o menor número semanal desde os primeiros meses da pandemia, no ano passado.

A última vez em que o número de mortes em uma semana foi mais baixo do que isso foi entre 19 e 25 de abril de 2020, quando a pandemia estava havia pouco menos de dois meses no Brasil e 1.669 novos óbitos foram confirmados.

O número de novos casos notificados nesta semana – 71.545 – é também o menor desde a semana encerrada em 9 de maio (59.543).

As médias móveis de óbitos e de infecções estão em tendência de queda e ficaram em 332 e 10.221, respectivamente, neste sábado.

No ranking global, o Brasil continua em uma das piores posições em relação à pandemia: é atualmente o oitavo do mundo em número de mortes por Covid-19 em proporção à população, com 285,6 vidas perdidas para a doença a cada 100 mil habitantes, de acordo com o levantamento diário da universidade americana John Hopkins.

36 milhões de novas doses da Janssen

O Governo Federal e a Johnson & Johnson, fabricante da vacina de dose única da Janssen, confirmaram que o contrato entre as partes será cumprido. Além da antecipação de 1,8 milhão de doses em junho, 36,2 milhões serão entregues até o final do ano pela J&J. Leia mais.

30 milhões de brasileiros deixaram de se vacinar

O Brasil ultrapassou a marca de 100 milhões de pessoas com imunização completa contra a Covid-19. Apesar disso, a Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim) estima que cerca de 30 milhões de pessoas que poderiam ter se vacinado e ainda não se vacinaram. Leia mais.

Queda de 90% nas internações em SP

A média de internações por Covid-19 na cidade de São Paulo caiu cerca de 90% desde o pico da pandemia. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), entre 8 e 28 de setembro, a rede municipal registrou uma média de 51 novos pacientes por dia. No pior momento da pandemia, em abril deste ano, a cidade tinha uma média de 500 novas internações diariamente. Leia mais.

Redução no intervalo da AstraZeneca

O Ministério da Saúde anunciou, nesta sexta-feira (15), que o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca será reduzido de 12 para 8 semanas no Brasil. Leia mais.

Subnotificação de mortes

Levantamento da organização global de saúde Vital Strategies aponta que há subnotificação em 24,6% das mortes no Brasil por Covid-19, entre 19 de abril de 2020 e 27 de setembro de 2021. De acordo com os pesquisadores, contabilizando esses óbitos, o país estaria na marca de 712.858 vítimas pela doença. Leia mais.

Estados não registram óbitos por Covid-19

Levantamento feito pela Agência CNN mostra que cinco estados brasileiros passaram um dia inteiro sem registrar mortes pela Covid-19 entre quarta-feira (13) e quinta-feira (14). Acre, Amapá, Amazonas, Roraima e Sergipe não registram mortes em 24 horas, sendo que o Amapá, inclusive, não tem registro de óbito pela doença há uma semana. Leia mais.

Antiviral contra a Covid-19

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) estuda firmar parceria, por meio de cooperação técnica, com a farmacêutica americana MSD (Merck Sharp & Dohme) para produção do medicamento Molnupiravir contra a Covid-19. Leia mais.

Mais Recentes da CNN