Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cerca de 30% da população carioca já tomou a dose de reforço para a Covid-19

    Cerca de 680 mil pessoas que já poderiam ter recebido o reforço vacinal não compareceram aos postos de saúde

    Rio de Janeiro já tem 2 milhões de pessoas imunizadas com o reforço vacinal
    Rio de Janeiro já tem 2 milhões de pessoas imunizadas com o reforço vacinal Divulgação/Prefeitura do Rio de Janeiro

    Isabelle ResendeCamille Coutoda CNN

    no Rio de Janeiro

    Ouvir notícia

    A cidade do Rio de Janeiro alcançou, nesta sexta-feira (14), a imunização de mais de dois milhões de pessoas com a dose de reforço da vacina contra a Covid-19.

    De acordo com o painel da Prefeitura do Rio, são 2.001.127 pessoas já tomaram a dose de reforço. Esse número representa aproximadamente 30% da população total.

    Cerca de 680 mil pessoas que já poderiam ter recebido o reforço, ainda não compareceram aos postos de saúde da capital. Diante do aumento do número de casos de Covid-19 provocado pela variante Ômicron, a Secretaria Municipal da Saúde faz um apelo para que as pessoas não deixem de completar o esquema vacinal.

    Nos últimos quatro dias, a capital fluminense registrou recorde de novos casos, mas a pasta explicou que, devido ao volume de testes rápidos realizados somente esta semana, os dados de casos confirmados da doença estão represados.

    De acordo com o painel, nas últimas 24 horas, foram contabilizados mais 14.817 novas infecções pelo coronavírus na cidade. A fila de espera por um leito na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) da capital, neste momento, tem 362 pessoas.

    Vacinação para crianças

    Na próxima segunda-feira (17), começa a vacinação das crianças de 5 a 11 anos. Conforme divulgado pela prefeitura, as meninas de 11 anos serão as primeiras imunizadas. Depois, será a vez dos meninos da mesma idade.

    O calendário segue de forma escalonada conforme a chegada de doses. Crianças com deficiência ou comorbidades poderão ser vacinadas a qualquer momento, independentemente da idade, desde que dentro desta faixa etária.

    Mais Recentes da CNN