Fiocruz retoma entrega de doses da AstraZeneca ao Ministério da Saúde nesta terça

Fundação prevê entregar cerca de 15 milhões de doses da AstraZeneca ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) no mês de setembro

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) prevê começar nesta terça-feira (16) a liberação de novas remessas da vacina da AstraZeneca ao Ministério da Saúde.

As entregas ficaram suspensas por duas semanas e pelo menos cinco capitais enfrentam falta do imunizante, como São Paulo, Rio de Janeiro, Palmas, Florianópolis e Porto Velho.

A CNN questionou a Fiocruz sobre o quantitativo de doses que serão entregues hoje, mas a Fundação afirmou que os números serão informados a medida em que ocorrerem a liberação dos lotes.

Na cidade do Rio de Janeiro, a intercambialidade de vacinas já ocorre nos postos de saúde. Diversas unidades estão substituindo a segunda dose da AstraZeneca pela Pfizer/BioNTech, após recomendação da secretaria municipal de Saúde.

Já na capital paulista, cerca de 340 mil pessoas estão com a aplicação da segunda dose da AstraZeneca atrasada, justamente pela falta de doses. Com isso, a prefeitura também começou a usar o imunizante da Pfizer para completar a vacinação desse público.

A Fiocruz prevê entregar cerca de 15 milhões de doses da AstraZeneca ao Programa Nacional de Imunizações (PNI) no mês de setembro.

Mais Recentes da CNN