Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Prefeitura de SP pede a Saúde redução do tempo de isolamento de pessoas com Covid

    Ofício foi encaminhado ao ministro Marcelo Queiroga nesta quinta-feira (6); documento diz que população está "plenamente vacinada" e que medida valeria para pessoas assintomáticas

    Movimentação no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP)
    Movimentação no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo (SP) Foto: RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Rafaela LaraRenan Fiuzada CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    A prefeitura de São Paulo encaminhou nesta quinta-feira (6) um ofício ao Ministério da Saúde que pede a redução do tempo de isolamento de pessoas com Covid-19 na cidade que estejam assintomáticas e com esquema vacinal completo.

    Para corroborar a solicitação, a prefeitura alega que a população está “plenamente vacinada”. Atualmente, o período padrão de isolamento para pessoas que testam positivo para Covid-19 é de dez dias – o ofício pede para que este prazo seja reduzido para cinco dias.

    “Neste contexto de altas taxas de vacinação na cidade, com consequente queda na gravidade e letalidade da doença, considerando publicação do Centro de Controle e Prevenção de Doenças americano, que reduziu o tempo recomendado de isolamento em caso de resultado positivo para Covid-19, em pessoas vacinadas, de dez para cinco dias, nos pacientes assintomáticos, assim como os contatos diretos de infectados, mudança esta motivada pelo aprimoramento do conhecimento da história natural da doença Covid-19, onde verificou-se que a transmissão do vírus ocorre majoritariamente no início do curso da doença”, diz trecho do ofício obtido pela CNN.

    Nesta quarta, a cidade do Rio de Janeiro reduziu o tempo de isolamento de dez para cinco dias para pessoas assintomáticos com resultado positivo para Covid-19.

    O ofício é assinado pelo secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido. Em nota enviada à CNN, a prefeitura confirma o pedido de redução do período de isolamento e afirma que a “cobertura vacinal antiCovid na cidade está em 103,5% para segunda dose ou dose única em adultos, e o número de leitos Covid-19 ocupados na rede municipal, com 37 pacientes internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) e 97 em leitos de enfermaria.”

    Confira orientações do Ministério da Saúde diante do diagnóstico de Covid-19:

    Mais Recentes da CNN