Onde comer em Jujuy: 3 experiências aliadas com almoço na província argentina

Visita a uma antiga mina a quase 4 mil metros de altitude e almoço no meio do deserto de sal estão entre opções

Experiência gastronômica no meio do Deserto de Sal da Argentina no Pristine Salinas Grandes Luxury Camp
Experiência gastronômica no meio do Deserto de Sal da Argentina no Pristine Salinas Grandes Luxury Camp Reprodução/Instagram

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia Jujuy, Argentina

No extremo noroeste da Argentina, a província de Jujuy se destaca pelos vilarejos pitorescos, colinas coloridas e deserto de sal. Tal conjunto resulta em paisagens fascinantes que são melhor aproveitadas em experiências que aliam passeios e almoços.

Seja aos pés do Cerro de los Siete Colores, cartão-postal da província, em uma antiga mina que hoje é uma adega ou ainda no meio do deserto de sal, confira a seguir experiências que aliam refeições típicas a paisagens cenográficas em Jujuy:

  • Restaurante Calandria – El Manantial del Silencio (Purmamarca)


O El Manantial del Silencio é um pequeno e charmoso hotel de 20 acomodações em Purmamarca que tem o Cerro de los Siete Colores como quintal. O hotel possui restaurante aberto também a não hóspedes liderado pelo chef Sergio Latorre, que foca em preparos da cozinha andina.

Os insumos saem da própria região e milhos andinos, carne de lhama, truta, quinoa, queijo de cabra, amaranto e charque são matérias-primas encontradas nos pratos. É possível escolher à la carte ou ainda um menu-degustação de três pratos.

Saladas, ceviche de peixe-rei argentino, carpaccio de lombo de lhama, sopas, barriga de porco frita e pratos tradicionais estão entre as opções e são bem acompahadas também de uma carta de vinhos de Jujuy e de Mendoza.

Restaurante Calandria, El Manantial del Silencio: Ruta Nacional Nº52 Km 3,5, Purmamarca – Quebrada de Humahuaca, Jujuy – Argentina / Tel.: +54 9 3884 84-1382 (WhatsApp) / Horário de funcionamento: todos os dias, das 12h30 às 15h30 e das 20h às 22h30 / Reservas via WhatsApp.

  • Viñas de Uquía (Uquía)

A menos de 30 km de Tilcara e Humahuaca fica a cidade de Uquía, onde se encontra a propriedade Viñas de Uquía. O dono Claudio Zucchino tem aqui uma adega em um antigo túnel mineiro a 3.640 metros de altitude.

É possível percorrer as vinhas, a adega e a mina com ajuda de um 4×4. Na antiga mina, são oferecidas ainda prova de vinho e charcutaria local com queijos, verduras e pão caseiro. O passeio termina por volta das 14h e o custo é de aproximadamente 28 mil pesos (cerca de R$ 400).

Também é possível almoçar na propriedade onde iguarias andinas, com pratos baseados em orgânicos de horta própria e produtos agroecológicos de camponeses da região, são ofertados em um menu que muda constantemente conforme as estações.

A refeição pode ser harmonizada com os vinhos de extrema altitude da propriedade, como o Uraqui, o mais emblemático da produção, feito com uvas orgânicas de Malbec, Syrah e Merlot.

Viñas de Uquía: acesso pelo Km 1799 da RN 9 / Tel.: +54 9 388 4076174 (WhatsApp) / Mais informações via WhatsApp.

  • Pristine Salinas Grandes Luxury Camp (Salinas Grandes)

Experiência gastronômica no meio do Deserto de Sal da Argentina / Reprodução/Instagram

Em plena Salinas Grandes fica o Pristine Luxury Camp, que disponibiliza quatro domos luxuosos suspensos no deserto de sal da Argentina.

Além das acomodações disponíveis para hospedagem, o local oferece almoço com menu de três passos harmonizados com vinhos da Bodega Colomé. Os pratos saem das mãos da chef Mariana García del Rio, que prioriza ingredientes locais, e a experiência é culminada com visita às piscinas de sal junto de um guia local.

Como o local é remoto, há opção de realizar a experiência com traslado a partir de Salta, Jujuy e Purmamarca. O ponto de encontro ocorre na cidade de Tres Morros e o valor é de R$ 380 por pessoa.

Pristine Salinas Grandes Luxury Camp: Tumbaya, Jujuy, Argentina / Tel.: +54 9 11 6033-7460 (WhatsApp) / Reservas via WhatsApp.