Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Conheça Victoria Monét, que levou o prêmio de Artista Revelação no Grammy 2024

    Cantora está indústria há anos, mas foi em 2023 que lançou seu primeiro álbum

    Victoria Monét, vencedora do prêmio Melhor Novo Artista, Melhor Engenharia de Som em Álbum Não-Clássico e Álbum de R&B" por "Jaguar II"
    Victoria Monét, vencedora do prêmio Melhor Novo Artista, Melhor Engenharia de Som em Álbum Não-Clássico e Álbum de R&B" por "Jaguar II" Alberto E. Rodriguez/Getty Images for The Recording Academy

    Marina Toledoda CNN

    em São Pualo

    Victória Monét garantiu três gramofones na noite de domingo (4) por seu primeiro álbum, “Jaguar II”. Ela venceu as categorias de Artista Revelação, Engenharia de Som em Álbum Não-Clássico e Álbum de R&B.

    Ela foi ao Grammy Awards com o marido, John Gaines, e a filha, Hazel Monét Gaines, de 2 anos, que se tornou a concorrente mais jovem da história da premiação – ela participa na música “Hollywood”.

    John Gaines, Victoria Monét e Hazel Monét na 66ª edição do Grammy / Matt Winkelmeyer/Getty Images for The Recording Academy

    Apesar de ser seu álbum de estreia, não é a primeira vez que a cantora concorre ao prêmio. Ela já havia sido indicada por seu trabalho no álbum “Thank U, Next” de Ariana Grande, por sua colaboração em “7 Rings” e por Melhor Música de R&B com “Do It”, interpretada por Chloe x Halle.

    Monét atuava como compositora desde 2010 e trabalhou como nomes como Blackpink, Selena Gomez e T.I. – além de Ariana Grande e Chloe x Halle.

    A cantora de 30 anos já tinha uma série de EPs, mas resolveu elevar seu último trabalho, “Jaguar”, e criou um álbum completo, com “Jaguar II”. O disco conta com 11 músicas e posicionou Victoria Monét como a segunda maior indicada dessa edição do Grammy Awards, perdendo apenas para SZA, que tem nove.

    Além de Artista Revelação, Álbum de R&B e Engenharia de Álbum Não-Clássico, a cantora de R&B briga pelos gramofones de Gravação do Ano (“On My Mama”), Melhor Canção R&B (“On My Mama”), Performance de R&B (“How Does It Make You Feel”), Performance Tradicional de R&B (“Hollywood”, com Earth, Wind & Fire e sua filha, Hazel Monét).

    Em seu discurso, ela contou um pouco da sua história. Veja abaixo.

    “Eu mudei para Los Angeles em 2009 e eu gostava de olhar para mim como uma planta, que foi plantada e você poderia olhar para a indústria musical como solo, que pode ser vista como suja ou como uma forma de nutriente e água. Minhas raízes têm crescido abaixo do solo, não vistas por muito tempo. E eu sinto que hoje estou brotando, finalmente fora do solo. Então eu gostaria de agradecer meu visionário time. Eu só quero contar uma pequena história, eu sei que só tenho um minuto, então vou me apressar. Havia um fichário que eu fiz para uma reunião importante com uma gravadora e eu achei que assinaria um contrato. Eu era uma artista independente sem time e eu pensei, talvez minha música vai se segurar por si mesma, mas esse fichário ficou coletando poeira no escritório dessa gravadora. Rachelle [Jean-Louis] encontrou esse fichário e decidiu tentar a sorte, deixar a gravadora e ser minha empresária, então muito obrigada por me enxergar. Gostaria de agradecer todos os outros indicados porque o melhor é subjetivo. Eu acho que somos todos os melhores, mas quando você olha o que o melhor significa internamente é isso que significa de verdade. Nós somos todos a melhor versão de nós mesmos.”

    Veja também: os vencedores das principais categorias da 66ª edição do Grammy Awards