Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    CNN Esportes

    Muitos cartões e sem gols: Corinthians e Atlético-MG empatam no Brasileirão

    Equipes fizeram jogo brigado na Neo Química Arena

    Corinthians e Atlético-MG empataram no Brasileirão
    Corinthians e Atlético-MG empataram no Brasileirão Foto: Pedro Souza / Atlético

    Jonatans Cruzda CNNHenrique André, Luis Fabianida Itatiaia

    Corinthians e Atlético-MG fizeram um jogo abaixo das expectativas neste domingo (14), na Neo Química Arena, pela estreia do Campeonato Brasileiro.

    O primeiro tempo foi marcado pela quantidade de faltas e cartões, oito no total. Um deles acabou ocasionando a expulsão do volante Battaglia, do Galo.

    Na segunda etapa, o cenário não mudou e sete amarelos foram mostrados. O Timão até tentou pressionar, mas não conseguiu aproveitar a vantagem numérica e furar a defesa atleticana, zero a zero.

    Galo modificado

    Para encarar o Corinthians, Milito fez duas alterações no Atlético-MG, em relação ao time que venceu o Rosario Central-ARG por 2 a 1, pela Copa Libertadores. O comandante argentino sacou Gustavo Scarpa e Alan Franco. Ele promoveu as entras de Igor Gomes e Otávio.

    Primeiro tempo truncado

    Os primeiros 45 minutos de bola rolando na Neo Química Arena foram bastante pegados. Com 16 faltas marcadas, as duas equipes não tiveram vida fácil em campo.

    Do lado do Timão, mandante, os minutos iniciais foram de bastante intensidade. Porém, os paulistas viram o Atlético-MG gostar do jogo e ter as melhores oportunidades de abrir o marcador. Saravia, aos 40, até balançou a rede, mas estava impedido e teve o tento anulado.

    Hulk e Paulinho, que fizeram 61 gols em 2023 (juntos), criando algumas oportunidades, mas ambos pecaram no último passe.

    Battaglia expulso

    Aos 49 minutos, o volante Rodrigo Battaglia fez falta no atacante Yuri Alberto. Como já havia sido amarelado aos 18 segundos de bola rolando, o camisa 21 acabou expulso pelo árbitro Yuri Elino.

    Mexidas na volta do intervalo

    Para o segundo tempo, os dois técnicos mudaram os times; Milito, treinador atleticano, por obrigação. Ele tirou o meia Igor Gomes e colocou o zagueiro Igor Rabello, já que ficou com uma peça a menos em campo.

    Já António Oliveira sacou o lateral Fagner, já amarelado, e promoveu a entrada de Matheusinho.

    Mesmo roteiro

    Assim como na primeira etapa, as duas equipes pouco produziram para mudar o placar. É possível afirmar, inclusive, que a etapa inicial foi de mais emoção do que a complementar, no quesito “chances criadas”. Mesmo com as várias substituições, o empate sem gols seguiu até o fim.

    As melhores oportunidades vieram já no final do jogo. Hugo, aos 42 minutos, pegou rebote e com uma “bomba” quase fez para os donos da casa. Aos 51, de falta, Gustavo Scarpa obrigou Cássio a fazer grande defesa.

    Sequência no Brasileirão

    Na próxima quarta-feira (17), às 20h (horário de Brasília), o Corinthians enfrenta o Juventude, no Alfredo Jaconi, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

    No mesmo dia, o Atlético-MG recebe o Criciúma, também às 20h (horário de Brasília), na Arena MRV, em Belo Horizonte.

    Corinthians 0 x 0 Atlético-MG

    Corinthians: Cássio; Fagner (Matheusinho), Félix Torres, Gustavo Henrique (Paulinho) e Hugo; Raniele, Fausto Vera (Maycon) e Rodrigo Garro (Igor Coronado); Romero, Wesley e Yuri Alberto. Técnico: António Oliveira

    Atlético-MG: Everson; Saravia, Mauricio Lemos, Jemerson, Guilherme Arana; Otávio, Battaglia, Matías Zaracho (Alan Franco) e Igor Gomes (Igor Rabello); Paulinho (Gustavo Scarpa) e Hulk (Vargas). Técnico: Gabriel Milito

    Motivo: 1ª rodada do Campeonato Brasileiro
    Data: 14 de abril de 2024
    Local: Neo Química Arena, em São Paulo
    Horário: 16h (de Brasília)
    Arbitragem: Yuri Elino Ferreira da Cruz, auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (FIFA) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha
    VAR: Daniel Nobre Bins (VAR-FIFA)

    Cartões amarelos: Jemerson, Battaglia, Everson, Saravia, Hulk (Atlético); Carlos Miguel, Fágner, Raniele, Romero, Yuri Alberto, Hugo, Maycon (Corinthians)
    Cartões vermelho: Battaglia (Atlético)

    Público: 44.597
    Renda: R$ 2.784.292,50


    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original