Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Zelensky acusa Rússia de “terrorismo insano” em reação ao ataque ao shopping

    Ao menos 18 pessoas morreram em bombardeio atribuído aos russos, que disseram ter mirado um local inoperante usado como depósito de armas

    Ataque russo com mísseis deixa ao menos 11 mortos em shopping na Ucrânia, diz governo ucraniano
    Ataque russo com mísseis deixa ao menos 11 mortos em shopping na Ucrânia, diz governo ucraniano Shopping center em chamas após ser alvo de ataque russo com mísseis em Kremenchuk, na Ucrânia27/06/2022Serviço Público de Emergência da Ucrânia/Divulgação via REUTERS

    Da CNN

    Ouvir notícia

    O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky acusou a Rússia de ter “terroristas totalmente insanos” em referência ao ataque aéreo em um shopping em Kremenchuk, no centro da Ucrânia. O bombardeio deixou ao menos 18 mortos.

    Nesta terça-feira (28), Zelensky disse o mundo deve parar com o “terror russo”.

    “Estes não são ataques de mísseis fora do alvo em jardins de infância, escolas, shopping centers, prédios de apartamentos, são ataques calculados dos invasores. A Rússia deve ser reconhecida como um patrocinador estatal do terrorismo. O mundo pode e , portanto, deve parar o terror russo”, afirmou o presidente ucraniano.

    O ataque ao shopping na segunda-feira (27), além de deixar 18 mortos, deixou dezenas de desaparecidas. Líderes na cúpula do G7 na Alemanha chamaram o ataque de “abominável” e “um crime de guerra”.

    A União Européia chamou o ataque de “ato hediondo”, acrescentando em um comunicado.

    “O bombardeio contínuo de civis e objetos civis é repreensivo e totalmente inaceitável e equivale a um crime de guerra”, diz a nota da entidade.

    Respondendo ao ataque, Moscou disse que atingiu uma fábrica de armas e munições fabricadas no Ocidente, vizinha ao que chamou de shopping “inoperante”.

    (Publicado por Carolina Farias)

    Mais Recentes da CNN