Tempestade em SC, recorde de mortes nos EUA e mais da tarde de 17 de dezembro

5 Fatos Tarde, apresentado por Roberta Russo, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Os estragos provocados pela tempestade que atingiu Santa Catarina, o recorde de mortes por Covid-19 nos Estados Unidos e a previsão para o início da vacinação em São Paulo estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quarta-feira, 17 de dezembro de 2020.

Tempestade em SC

Ao menos sete pessoas morreram em Santa Catarina durante a forte chuva que atinge o estado desde a noite de ontem (16). O temporal provocou enxurrada, alagamentos e deslizamentos de terra em cidades do Vale do Itajaí.

Macron com Covid-19

O presidente francês Emmanuel Macron teve diagnóstico positivo para Covid-19 hoje (17), segundo um comunicado do governo da França. O documento não cita se a primeira-dama, Brigitte Macron, também foi testada. Com 67 anos, ela faz parte do grupo de risco para a doença.

Arábia Saudita

O ministro da Saúde da Arábia Saudita recebeu uma dose da vacina contra a Covid-19 nesta quinta-feira,  ao vivo na televisão estatal, dando início à campanha de imunização em massa do país. Os grupos de risco serão os primeiros na fila para a vacina, incluindo trabalhadores da linha de frente, aqueles com mais de 65 anos e pessoas com doenças crônicas pré-existentes.

Pandemia nos EUA

Em novo recorde, os Estados Unidos tiveram mais de 3.500 mortes por Covid-19 em apenas 24 horas. No mesmo período foram registrados 240 mil casos.

SP mantém data de vacinação

O secretário da Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, afirmou que o estado mantém o objetivo de iniciar a vacinação de sua população contra a Covid-19 em 25 de janeiro, apesar da intenção de compra da Coronavac manifestada pelo governo federal. A informação foi dada em entrevista à CNN hoje de manhã.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN