Cidades do Grande ABC, em SP, mantêm uso obrigatório de máscara

Equipamento de proteção deve ser usado tanto em ambientes abertos quanto fechados; obrigatoriedade será reavaliada no começo de 2022

Cidades do Grande ABC, em SP, mantiveram uso de máscara obrigatório até o fim de 2021
Cidades do Grande ABC, em SP, mantiveram uso de máscara obrigatório até o fim de 2021 Foto: Amanda Perobelli/Reuters (15.jul.2020)

Murillo FerrariJulyanne Jucáda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Os prefeitos das sete cidades que fazem parte da região do Grande ABC, no estado de São Paulo, decidiram nesta segunda-feira (8) manter o uso obrigatório de máscara de proteção, pelo menos, até o fim de 2021.

A medida é válida tanto em ambientes abertos quanto fechados nas cidades Santo André, São Bernardo do Campo, Diadema, São Caetano do Sul, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

A decisão foi tomada pelos prefeitos e representantes dos municípios em assembleia do Consórcio Intermunicipal Grande ABC, que promove ações de forma planejada nas cidades da região.

A obrigatoriedade da proteção facial contra a Covid-19 será reavaliada, observando a evolução da pandemia na região, na primeira assembleia do colegiado em 2022 ou, extraordinariamente, caso necessário.

Mais Recentes da CNN