Covid-19: médias móveis sobem, e Brasil registra 451 óbitos em 24 horas

As médias móveis de óbitos e de infecções apresentam tendência de elevação e ficaram em 369 e 12.158, respectivamente, nesta quinta-feira (21)

Josué Damacena/IOC/Fiocruz

Lucas Rochada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

O Brasil registrou 451 mortes e 16.852 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas. As médias móveis de óbitos e de infecções apresentam tendência de elevação e ficaram em 369 e 12.158, respectivamente, nesta quinta-feira (21).

As informações são do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Com a atualização, o país tem um total de 604.679 mortes e 21.697.341 casos confirmados da doença desde o início da pandemia, em março de 2020.

Alta de casos

Reino Unido tem mais casos de Covid-19 que França, Alemanha, Itália e Espanha juntas. Leia mais.

Moscou voltará a adotar medidas de lockdown a partir do dia 28 de outubro para combater uma alta nos casos de Covid-19, disse o prefeito da capital russa, Sergei Sobyanin, nesta quinta-feira. Leia mais.

Reforço da Pfizer

Estudo divulgado nesta quinta-feira mostrou que a dose de reforço da vacina contra Covid-19 da Pfizer mostrou eficácia de 95,6% contra infecção pelo SARS-CoV-2. O estudo foi realizado pelos próprios laboratórios Pfizer e BioNTech. Leia mais.

Uso de máscaras

A prefeitura de São Paulo planeja flexibilizar o uso de máscaras em locais abertos após a conclusão da vacinação em adultos e adolescentes acima de 12 anos. A data para concluir o ciclo vacinal em adultos é o dia 15 de novembro. Leia mais.

Doações de vacinas

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pediu aos países do G20 que reforcem as doações de vacinas contra a Covid-19 a países onde a imunização avança muito lentamente. Leia mais.

Mais Recentes da CNN