Incidência da Ômicron já chega a 70% na rede privada de 16 estados

Levantamento do Instituto Todos pela Saúde mostra aumento no período do Natal

Ilustração em 3D do coronavírusNEXU Science Communication
Ilustração em 3D do coronavírusNEXU Science Communication Reuters

Adriana Freitasda CNN

no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Análise sobre 640 amostras positivas para o SARS-CoV-2, coletadas entre 1 e 25 de dezembro, em 16 estados brasileiros, aponta 31,7% de infecções pela variante Ômicron, segundo levantamento do Instituto Todos pela Saúde (ITpS) em parceria com os laboratórios Dasa e DB Molecular.

Esse percentual em relação às amostras positivas segue crescendo dia após dia. Na última semana, ultrapassou a taxa de 40% das infecções causadas pela variante, chegando a cerca de 70% no dia 25, no Natal.

Um total de 30.483 testes RT-PCR Especial, disponíveis em sua maioria na rede privada, foi realizado pelos dois laboratórios no período. Desses, 640 deram positivos para o SARS-CoV-2 (2,1%).

E, entre os testes positivos, 203 (31,7%) indicaram a variante Ômicron em oito estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso, Bahia, Goiás, Santa Catarina e Tocantins.

De acordo com o Instituto Todos pela Saúde, esse levantamento mostra a velocidade com que a Ômicron está se espalhando pelo Brasil, assim como ocorre em outros países.

Os especialistas chamam atenção pela importância do estudo nesta época, especialmente porque estamos no fim ano, período de reuniões e festas. “Além da variante Ômicron, temos o vírus da gripe H3N2, que também pressiona o sistema de saúde”, afirma o estudo.

Mais Recentes da CNN