Mieloma múltiplo: saiba as características do câncer que vitimou Cristiana Lôbo

No quadro Correspondente Médico, Fernando Gomes falou sobre sintomas e tratamento de doença grave diagnosticada na jornalista

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Na edição desta sexta-feira (12) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes falou sobre o tipo de câncer que vitimou a jornalista Cristiana Lôbo.

Referência no jornalismo político, a profissional morreu aos 64 anos, em decorrência de um mieloma múltiplo, agravado por uma pneumonia.

Em quase 40 anos de carreira, Cristiana trabalhou em grandes veículos de comunicação do país, como os jornais “O Globo” e “O Estado de S. Paulo” e na GloboNews. Desde o ano passado, a jornalista estava de licença do canal para tratar a doença.

“Mieloma é um tipo de câncer que compromete as células que fazem parte da medula óssea, que ficam doentes e se dividem de forma anormal, provocando lesão focal ou, que se espalham pelo corpo — é quando temos o nome de mieloma múltiplo”, disse Fernando Gomes.

Entre os principais sintomas da doença, o médico destacou:

  • Dores nas costas ou ossos;
  • Fadiga;
  • Perda de apetite e náuseas;
  • Febre.

O mieloma múltiplo tem semelhança na manifestação e no tratamento, afirmou o médico.

“São tumores com origem em células que têm relação com a constituição sanguínea e o sistema imunológico. Ambas as doenças são tratadas pela oncologia e hematologia, e necessitam de diagnóstico preciso e tratamento direcionado: quimioterapia, radioterapia, imunoterapia e transplante de células-tronco.”

Segundo o médico, um mieloma localizado proporciona sobrevida de cinco anos para cerca de 75% dos pacientes atingidos. Quando existe mieloma múltiplo, a porcentagem cai para 53% em cinco anos.

“Lembrando que o indivíduo tem problemas relacionados com células que vão produzir os anticorpos, então, há um problema maior quando existe infecções bacterianas como, por exemplo, uma pneumonia”, disse Fernando Gomes.

(Publicado por: André Rigue)

Mais Recentes da CNN