10 vinícolas para visitar em Cafayate, na Argentina

Região abriga vinícolas prontas para receber viajantes ávidos por bons rótulos e diferentes experiências

Daniela Filomeno nas vinhas do vinhedo Alto Los Cuises, da Bodega El Porvenir
Daniela Filomeno nas vinhas do vinhedo Alto Los Cuises, da Bodega El Porvenir CNN Viagem & Gastronomia

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia Cafayate, Argentina

No noroeste da Argentina, Cafayate apresenta uma tradição no mundo dos vinhos e se destaca pelos vinhedos de altas altitudes, localizados a mais de 1.500 metros acima do nível do mar.

Em resumo, as uvas nascem com uma casca grossa e são bastante concentradas devido à incidência solar e aos aspectos desérticos e de altitude da região, o que ajuda na elaboração de vinhos potentes, com corpo e cor. As castas principais são Cabernet Sauvignon, Syrah, Malbec e Torrontés.

Assim, seja no centro da cidade ou nas redondezas de Cafayate, a região é bem abastecida de vinícolas, as quais abrem suas portas para receber viajantes com degustações, experiências e almoços.

A seguir, confira 10 vinícolas para visitar em Cafayate:

  • Bodega El Porvenir de Cafayate
  • Bodega Yacochuya
  • Bodega Colomé
  • Bodega El Esteco
  • Bodega Domingo Hermanos
  • Bodega Domingo Molina
  • Bodega Vasija Secreta
  • Bodega Nanni
  • Finca Las Nubes
  • Bodega El Tránsito

 

  • Bodega El Porvenir de Cafayate

Daniela Filomeno na Bodega El Porvenir, em Cafayate / CNN Viagem & Gastronomia

A El Porvenir é um dos nomes mais conhecidos de Cafayate, em que é possível visitá-la e saber mais da elaboração dos rótulos, assim como fazer degustações, desfrutar de almoços de comida regional, marcar um piquenique nos vinhedos e realizar aulas de empanadas.

A vinícola possui uma bodega no centro da cidade e também fincas com vinhedos e até hospedagem nas redondezas, como o caso da Finca El Retiro. O destaque vai também para a Finca Alto Los Cuises, um vinhedo único, no pé da cordilheira, que resulta em vinhos naturais. Ele fica entre cactos, árvores e palmeiras antigas em um solo arenoso, fértil e com incidência solar protegida pela costa a mais de dois mil metros de altitude.

Bodega El Porvenir: Córdoba 32, Cafayate, Salta, Argentina / Tel.: +54 386 842 2007 / Mais informações no site.

  • Bodega Yacochuya


A Yacochuya pertence a uma família tradicional no cultivo de uvas, a Etchart. Hoje a bodega é liderada por Marcos Etchart, um dos nomes mais importantes da viticultura de Cafayate e que comanda 30 hectares plantados com uvas Malbec, Cabernet Sauvignon, Tannat, Cabernet Franc e Torrontés.

O local tem visitas guiadas gratuitas e oferece degustações e almoços para grupos a partir de 10 pessoas.

Bodega Yacochuya: Ruta Prov. Nº 2 km 6, Cafayate, Salta, Argentina (a 8 km da praça principal de Cafayate) / WhatsApp: +549 387 459 4684 / Mais informações no site e nas redes sociais

  • Bodega Colomé


Na pequena cidade de Molinos, a Colomé é considerada a vinícola em produção contínua mais antiga da Argentina. Além de abrigar o Museu James Turrell (saiba mais aqui), ela abre as portas para visitas, degustações e hotel boutique com nove quartos.

Além de degustação com visita guiada ao museu, é possível aproveitar um almoço com pratos típicos e ingredientes orgânicos da propriedade.

Datada de 1831, a Colomé pertencia desde 2001 a Donald Hess e sua mulher Úrsula. Hoje nas mãos da segunda geração, a vinícola possui vinhedos que chegam a ficar a mais de três mil metros de altitude. Malbec, Pinot Noir, Sauvignon Blanc, Cabernet Sauvignon, Tannat, Torrontés, Bonarda e Syrah são as castas dos vinhos da casa.

Bodega Colomé: Ruta Prov. 53 Km 20, Molinos 4419, Salta, Argentina / Whatsapp: +54 9 387 5030052 / Mais informações no site.

  • Bodega El Esteco

Patios de Cafayate é hotel de 32 acomodações em estilo colonial da Bodega El Esteco / Reprodução/Instagram

A El Esteco é um dos nomes mais fortes de Cafayate e recebe visitantes para degustações e experiências em uma propriedade colonial espanhola do final do século 19. Aqui é possível visitar onde ocorre a produção e participar de degustações com os melhores rótulos da casa.

Também é possível apreciar oito rótulos diretamente de um wine dispenser e participar de noites “debaixo das estrelas”, com visita noturna que culmina com seleção de queijos e empanadas ao redor de uma fogueira. Aos sábados é possível agendar cavalgadas nos vinhedos da vinícola.

O local possui o charmoso hotel Patios de Cafayate, que também abre suas portas a não hóspedes para almoços caprichados.

Bodega El Esteco: Bifurcação entre Ruta 40 e Ruta 68, Cafayate, Salta, Argentina / Tel.: + 54 9 3868 414262 (WhatsApp) / Confira experiências e reservas aqui.

  • Bodega Domingo Hermanos

Bodega Domingo Hermanos oferece visitas guiadas na propriedade em Cafayate / Reprodução/Instagram

A Bodega Domingo Hermanos é um projeto familiar com uma história que se arrasta desde a década de 1960, com início de elaboração própria de vinhos a partir de 1978.

Hoje são mais de 150 hectares de vinhedos de altitude, os quais também podem ser visitados como parte do enoturismo da vinícola. Degustações e visitas guiadas acontecem todos os dias das 10h às 17h. Em determinadas épocas é possível ainda participar da seleção das uvas na vindima e provar vinhos diretamente dos tanques.

Bodega Domingo Hermanos: Nuestra Sra. del Rosario y 25 de Mayo, Cafayate, Salta, Argentina / Tel.: +54 3868 421225 / Mais informações e reservas via telefone e e-mail turismo@domingohermanos.com

  • Bodega Domingo Molina


A Bodega Domingo Molina fica a cerca de 8 km a oeste de Cafayate e foca em vinhos mais elaborados com base no terroir único dos vinhedos nos Valles Calchaquíes. São 60 hectares de vinhedos situados entre 1.600 e 2.300 metros de altitude em que são cultivadas variedades como Torrontés, Malbec, Cabernet Sauvignon e Tannat, entre outras.

É possível visitar a propriedade todos os dias da semana e, claro, experimentar seus vinhos. As paisagens também compensam a ida!

Bodega Domingo Molina: Yacochuya Norte, Salta, República Argentina / Tel.: + 54 9 3868 452887 / Mais informações pelo telefone e pelas redes sociais

  • Bodega Vasija Secreta


Considerada a mais antiga bodega de Cafayate, a Vasija Secreta fica logo na entrada da cidade e recebe visitantes em uma antiga construção de estilo colonial. De graça e sem necessidade de reserva, é possível realizar uma visita guiada na bodega e no museu do local, que retoma a história do cultivo de uvas pela região.

É possível fazer visitas com provas de vinhos selecionados da casa por diferentes preços. Se a fome bater, o local também possui um restaurante.

Bodega Vasija Secreta: Ruta 40 – Km 4343, Cafayate, Salta, Argentina / Tel.: +54 (9) 387 419 1938 / Mais informações no site.

  • Bodega Nanni

Jardim da Bodega Nanni, em Cafayate / Reprodução/Instagram

A poucos passos da praça principal de Cafayate fica a pequena Bodega Nanni, que não tem parreirais no local, mas que abre as portas aos visitantes para degustações e refeições em seu diminuto restaurante.

São quatro gerações da mesma família produzindo vinho, em que 100% da produção provém de vinhedos próprios a 10 km de Cafayate. A produção também se destaca pela ênfase no certificado orgânico.

Bodega Nanni: Silverio Chavarría 151, Cafayate, Salta, Argentina / Tel.: +54 3868 421527 / Mais informações pelo telefone. 

  • Finca Las Nubes


Com vinhedos a 1.800 metros de altitude, a Finca Las Nubes é rodeada pelas paisagens sedutoras da região, o que atrai visitantes em busca de degustações e almoços. Aberta a atividades turísticas todos os dias, das 10h30 às 18h, a propriedade oferece visitas guiadas e degustações que saem por cerca de R$ 50 e duram 40 minutos – reservas são necessárias.

O almoço é bastante procurado e servido sem interrupção das 11h30 às 18h, com receitas típicas como empanadas, tamales, humitas e tábuas de queijos e charcutaria artesanal.

Finca Las Nubes: Camino del Divisadero s/n, Cafayate, Salta, Argentina / Tel.: +54 9 3868 461472 / Reservas e mais informações via site

  • Bodega El Tránsito


A El Tránsito fica bem no centro de Cafayate, a curta distância da praça central, em que uma pequena construção moderna abre suas portas para que visitantes provem os vinhos de altitude da vinícola.

Como fica no meio da cidade, o local não possui parreirais, mas é boa pedida para quem está pela cidade e deseja experimentar bons vinhos, assim como comprá-los.

Bodega El Tránsito: Belgrano 102, esquina com Silverio Chavarría, Cafayate, Salta, Argentina / Tel.: +54 386 8 42 2385 / Mais informações no site e redes sociais