As melhores cidades dos EUA para visitar em 2024

Selecionamos cidades menores que ainda não são prioridades nas listas de viagens, onde você encontra muita personalidade, além de coisas para ver e fazer

Richmond, na Virginia, oferece atrações culturais, gastronomia e mais
Richmond, na Virginia, oferece atrações culturais, gastronomia e mais Sky Noir Photography by Bill Dickinson/Getty Images

Forrest BrownMarnie Hunterda CNN

As grandes cidades dos Estados Unidos têm atrações de sobra — e multidões também. Neste verão, selecionamos cidades menores que ainda não são prioridades nas listas de viagens — lugares onde você encontra uma personalidade de cidade pequena com muito estilo, além de muitas coisas para ver e fazer durante alguns dias ou mais.

No CNN Travel, recorremos à nossa rede de colaboradores para compor nossa lista inaugural das melhores cidades dos EUA para visitar em 2024. Avaliamos as sugestões favoritas e escolhemos 10 finalistas, analisando as atrações de cada cidade, ofertas gastronômicas e bebidas, vida noturna e cena cultural, senso de identidade, proximidade de outros locais interessantes e fator surpresa. Também consideramos elementos essenciais de viagem, incluindo opções de hospedagem e facilidade de locomoção.

As populações das cidades nesta lista variam entre 50 mil e 225 mil moradores, aproximadamente. Os municípios estão espalhados pelo país e servem como um lembrete do que é ótimo nos EUA: comunidades comprometidas em melhorar suas cidades. Você verá esse comportamento em, por exemplo, bairros e centros revitalizados.

Aqui estão nossas escolhas para 2024

10. Duluth, Minnesota

Pontos altos: Ambiente à beira do lago, atividades ao ar livre, cena de bebidas

Uma pequena cidade mais conhecida ao longo dos anos como um porto industrial de transporte de minério nos Grandes Lagos, Duluth virou um refúgio da crise climática. Por estar ao lado do Lago Superior, seus verões são bastante temperados. A cidade montanhosa oferece muitas atividades ao ar livre, cervejas, um conjunto de atrações à beira do lago — ainda há um bairro que oferece produtos artesanais. Você também pode se juntar aos simpáticos habitantes de Duluth em uma sauna comunitária e em um mergulho no lago Amity Creek.

9. Knoxville, Tennessee

Pontos altos: Atmosfera acolhedora, música ao vivo, acesso à natureza

Com vários fãs de eventos esportivos, você deve conhecer Knoxville pela sede da Universidade de Tennessee, por ser anfitriã da Feira Mundial de 1982 (também conhecida como Exposição Internacional de Energia) e pela torre de vidro da cidade. Mas você sabia que esse município do leste do Tennessee também oferece uma cena musical em desenvolvimento, teatros clássicos encantadores e comidas deliciosas? E há o Urban Wilderness, uma região com passeios ao ar livre.

8. Grand Rapids, Michigan

Pontuações: Arte e design, cena cervejeira, atividades ao ar livre

Com parque de esculturas e arte pela cidade, Grand Rapids é muito mais do que a “cidade da cerveja dos EUA”. Com mais de 100 cervejarias, destilarias e cidreiras, a segunda maior cidade de Michigan faz jus ao seu apelido. Museus exibem as raízes do design de Grand Rapids, enquanto o Rio Grand traz atividades para família ao ar livre. Um anfiteatro planejado às margens do rio é parte da revitalização da orla.

7. Macon, Geórgia

Pontos altos: Herança musical, atrações culturais, arquitetura

Com museus e um estúdio musical revitalizado, Macon ganha muitos pontos pelas atrações culturais e pelas clássicas instituições regionais. A reforma no centro abriu espaço para novos restaurantes, bares e um hotel boutique. Ao transformar um local — que guarda milhares de anos de história — no primeiro parque nacional dos EUA, a cidade presta atenção em como sua história mais antiga inspira seu futuro.

6. Flagstaff, Arizona

Pontos altos: Céus escuros, atividades ao ar livre, cenário, atmosfera retrô

Dias ensolarados e noites estreladas são grandes atrativos em Flagstaff, uma cidade com altitude elevada. Com as Montanhas de São Francisco, monumentos nacionais, o observatório Lowell e o status de Flagstaff, é fácil desfrutar das paisagens encantadoras e das maravilhas do cosmos. A Rota 66 passa por aqui, onde hotéis retrô atendem viajantes. O centro da cidade também foi revitalizado. Além disso, a história dos nativos americanos da região é mais um motivo para visitar Flagstaff.

5. San Luis Obispo, Califórnia

Pontos altos: Paisagens deslumbrantes, vibe retrô, atividades ao ar livre, vinícolas

Se você quer um ambiente vintage e tranquilo na Califórnia, a região da Baía e o sul da Califórnia não seriam sua viagem ideal. Mas há um lugar do século XX que encaixa melhor nesse perfil: San Luis Obispo, onde você pode aproveitar tudo, desde trilhas de vinho até caminhadas, sem a aglomeração de pessoas. O ambiente natural, com a proximidade do oceano Pacífico, é a cereja do bolo.

4. Portland, Maine

Pontos altos: Gastronomia, ambiente costeiro, acesso ao ar livre

A histórica cidade portuária de Portland oferece uma culinária que explica o porquê Maine é a capital da lagosta dos EUA. Com dois novos prêmios James Beard, conhecido como o Oscar do mundo da alimentação, o estado virou um destino culinário. Você também encontrará um mercado de cerveja artesanal em expansão, além de passeios na água ou nas florestas. É possível conhecer a história marítima e ver o renascimento da era vitoriana em passeios pelo centro da cidade.

3. Tacoma, Washington

Pontos altos: Ambiente deslumbrante, acesso ao ar livre, cena artística

Entre o Estreito de Puget e o Monte Rainier, a localização de Tacoma proporciona uma boa recreação ao ar livre e nos arredores da cidade. Há vistas espetaculares na cidade também, graças ao nativo Dale Chihuly, o mestre da arte de vidro. É possível conhecer a história do material no Museu do Vidro, onde há exposições e vidreiros trabalhando em oficinas. Os passeios de avião oferecem uma boa vista das terras da Tribo Puyallup.

2. Providence, Rhode Island

Pontos altos: Arte, arquitetura, design, cena gastronômica

A área à beira do rio no centro de Providence existe graças a décadas de realocação de rios e estradas, que embelezam e preservam o local. Os rios do centro são iluminados pela instalação de arte WaterFire há décadas, sendo que é possível encontrar arte em toda a cidade. O local também abriga a renomada Escola de Design de Rhode Island e seu museu. Os entusiastas da arquitetura encontrarão muito o que admirar. A história culinária de Providence (com frutos-do-mar de primeira classe e culinária italiana) e restaurantes diversificados significam que você encontrará um banquete mundial lá.

1. Richmond, Virgínia

Pontos altos: Atrações culturais, gastronomia e bebidas, bairros intrigantes

Richmond, Virgínia merece mais da atenção turística. Richmond ganhou pontos pelos museus e bairros, além de analisar seu passado complexo. Além disso, possui uma cena gastronômica diversificada liderada por chefs, mais de 30 cervejarias e fácil acesso à região de vinícolas. Há uma programação de festivais quase o ano todo — marque seus calendários para o Richmond Folk Festival no outono.

 

 

Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

versão original