Para matar a fome: onde comer de madrugada em Curitiba

Que atire a primeira pedra quem nunca quis comer uma bela costela no meio da noite! A colunista Caroline Grimm entrega endereços emblemáticos na capital paranaense que funcionam madrugada adentro

Cachorro quente do Au-Au, uma das paradinhas da madrugada em Curitiba
Cachorro quente do Au-Au, uma das paradinhas da madrugada em Curitiba Divulgação

Caroline Grimmcolaboração para o Viagem & Gastronomia Curitiba, Paraná

Depois de pedidos de indicações de bons restaurantes italianos e japoneses em Curitiba, a pergunta que mais recebo é sobre quais restaurantes ficam abertos de madrugada, seja para forrar o estômago após o rolê e ainda diminuir a chance de uma ressaca no dia seguinte.

A boa notícia é que, de pratos substanciosos a coxinhas, passando pelo clássico cachorro-quente, a capital paranaense tem opções para todos os gostos e bolsos.

A seguir, compartilho pelo menos 12 lugares para matar a fome de madrugada em Curitiba:

Aqui é Batel

Também conhecido como Amarelinho da Batel ou Bar do Beto, foi inaugurado em 1985 e está no atual endereço desde 2001.

O Aqui é Batel é o destino final das mais variadas tribos. As tradicionais mesas e cadeiras de plástico amarelo ocupam a calçada da continuação da Avenida Batel, deixando claro que o lugar se trata de um boteco, desde a cerveja de garrafa até a comida simples, mas extremamente saborosa.

O cardápio inteiro está disponível a qualquer hora do dia, e você pode saborear porções como a de torresmo (R$ 30), de bolinho de carne (R$ 42), rabada (R$ 75/kg) ou buchada (R$ 65/kg) no meio da madrugada. Outros campeões de saída são o Pão com Bolinho (R$ 9), o Pastel de Siri (R$ 18) e o Cheese Pernil (R$ 16).

Se a fome for urgente, você também poderá pegar um dos diversos salgados da estufa.

O local vai enchendo conforme avançam as horas da madrugada, e atinge o ápice por volta das 3h e 4h da manhã, mas é comum a casa ainda estar cheia ao nascer do sol.

Dica: não deixe de prestar atenção na ótima playlist do local!

Aqui é Batel: Avenida N. Sra. Aparecida, 177 – Seminário, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3308-4338 / Horário de funcionamento: aberto de terça a domingo das 10h às 6h.

Gato Preto

Também conhecido como Pantera Negra, é um dos mais famosos restaurantes dançantes de Curitiba e cercado de lendas – uma delas é a de que Julio Iglesias teria pedido para dar uma canja no microfone, mas, como ninguém acreditou que realmente se tratava do famoso cantor, este acabou não conseguindo cantar.

Com iluminação baixa e avermelhada, o local é extremamente democrático, frequentado por gente de todos os tipos, desde profissionais da construção civil e garotas de programa até desembargadores.

Inaugurado há quase 50 anos, o local sempre teve como carro-chefe da casa a costela de forno (R$ 111), que é cozida por muitas horas e depois finalizada no forno. O prato acompanha arroz, maionese de batata, salada de tomate e cebola, farofa e fritas, e alimenta facilmente três pessoas.

Outras opções são o Churrasco Completo (R$ 113), o Estrogonofe de Mignon (R$ 118) ou o Mignon à Parmegiana (R$ 119).

Este ícone da boemia está localizado na chamada “boca do lixo” curitibana, região repleta de boates e prostíbulos, então não é recomendado ir até lá a pé. Chame um carro de aplicativo ou táxi, e, uma vez lá dentro, estará seguro.

Gato Preto: Rua Des. Ermelino de Leão, 241 – Centro, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3225-5717 / Horário de funcionamento: aberto todos os dias das 18h às 7h.

Bar Palácio

Fundado em 1930, este patrimônio cultural de Curitiba já teve outras sedes e foi palco de importantes discussões políticas e conquistas dos direitos das mulheres.

Em 1984 o bar ainda não atendia mulheres desacompanhadas de homens, até que um grupo de quatro estudantes mulheres exigiu serem atendidas, prestaram queixa, e, no dia seguinte, conquistaram este direito. Hoje o local é frequentado por boêmios, mas também por famílias, e costuma ser cheio já no final da tarde.

O carro-chefe é o Churrasco Paranaense (R$ 60), preparado numa grande churrasqueira no meio do salão, que acompanha salada de cebola e tomate, farofa e arroz ou fritas. O prato é farto e pode servir até duas pessoas.

Outros clássicos são o Mignon à Griset (R$ 98), o Cabrito (R$ 58), servido às sextas-feiras (chegue cedo pois acaba rápido) e a Rabada com Polenta (R$ 58), servida às quartas-feiras.

Curiosidade: nas dependências do Bar Palácio foram gravadas cenas do filme brasileiro “Estômago”, de 2008 e com João Miguel e Fabíula Nascimento no elenco.

Bar Palácio: Rua André de Barros, 500 – Centro, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3222-3626 / Horário de funcionamento: aberto de segunda a quinta das 19h às 1h30; sexta e sábado das 19h às 3h.

Costelões

Curitiba também conta com diversos “Costelões”, locais em que é servida costela assada no fogo durante quase o dia inteiro, com acompanhamentos como maionese de batata, arroz, salada, farofa, batata ou polenta frita.

A seguir, confira o nome e o endereço de quatro deles na cidade:

  • Costelão Curitibano: Rua Chile, 1746 – Rebouças, Batel, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3332-3563 / Aberto todos os dias, 24h.
  • Costelão Bacacheri: Avenida Pref. Erasto Gaertner, 26 – Bacacheri, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3356-0665 ou (41) 9934-0180 / Aberto todos os dias das 11h às 3h.
  • Costelão Alto da XV: Rua Marechal Deodoro, 1805 – Alto da XV, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3078-4715 / Aberto todos os dias, 24h.
  • Costelão Água Verde: Rua Silveira Neto, 144 – Água Verde, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3243-2262 / Aberto todos os dias, 24h.

Panificadoras

Temos na cidade duas panificadoras que nunca fecham, ótimas opções para um lanche na madrugada:

  • Excelência do Pão: Rua Vicente Machado, 64 – Centro, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3322-0427 / Aberto todos os dias, 24h.
  • Panificadora AquariusAvenida Pref. Erasto Gaertner, 363 – Bacacheri, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3018-6880 / Aberto todos os dias, 24h.

Cachorros-Quentes

Se tudo que você quer, antes de ir para a casa dormir, é uma belo cachorro-quente, poderá encontrar facilmente em várias esquinas da cidade.

A seguir, seguem duas opções que aprecio muito:

  • Tio Dog: o destaque é o pão, que é de fabricação própria, supermacio e úmido.
    Rua Holanda, 348 – Bacacheri, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3180-0174 / Aberto todos os dias das 17h às 5h.
  • Au-Au: tem um dos cachorros-quentes mais famosos da cidade.
    Alameda Dr. Carlos de Carvalho, 990 – Bigorrilho, Curitiba – PR / Telefone: (41) 3092-0800 / Aberto de domingo a quinta-feira das 11h30 à 1h; sexta e sábado das 11h30 às 4h.

Postos Pelanda

Coxinhas da rede dos postos são sucesso absoluto / Divulgação

São 13 unidades que funcionam 24 horas por dia espalhadas pela cidade. Vendem diversos lanches, doces e saladas, mas o destaque absoluto são as coxinhas, que já ganharam diversos prêmios. A minha favorita é a de costela com catupiry (R$ 17,90).

Postos Pelanda: Endereços no link.

*Os textos publicados pelos Insiders e Colunistas não refletem, necessariamente, a opinião do CNN Viagem & Gastronomia.

Sobre Caroline Grimm

A criadora de conteúdo gastronômico Caroline Grimm / Caroline Grimm

Curitibana, médica de formação e gastrônoma de coração, Caroline Grimm também é criadora de conteúdo e acumula milhares de seguidores nas redes sociais. Como ela mesma descreve, vive para cozinhar, comer, beber e viajar – não necessariamente nesta ordem, mas sempre em busca das melhores experiências.