Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    #CNNPop

    Madonna é processada por fãs após atrasar shows em Nova York

    Acusadores afirmam que cantora causou um verdadeiro prejuízo aos que fãs que “tiveram que acordar cedo para ir trabalhar” no dia seguinte

    Madonna se apresenta durante a "The Celebration Tour" na The O2 Arena, em 15 de outubro de 2023, em Londres, Inglaterra
    Madonna se apresenta durante a "The Celebration Tour" na The O2 Arena, em 15 de outubro de 2023, em Londres, Inglaterra Foto de Kevin Mazur/WireImage for Live Nation

    Ana Beatriz Diasda CNN

    São Paulo

    Dois fãs estão processando a Madonna após atrasos em seus shows em Nova York. Segundo os acusadores, a demora para início das performances causou um verdadeiro prejuízo aos que fãs que “tiveram que acordar cedo para ir trabalhar” no dia seguinte.

    De acordo com a Billboard, a queixa foi apresentada na quarta-feira (17) no tribunal federal de Brooklyn por Michael Fellows e Jonathan Hadden, que compraram os ingressos e afirmam que a artista violou seu contrato com os espectadores.

    Ainda segundo a publicação, a artista também teria infringido as leis do estado de Nova York ao iniciar três shows de dezembro após as 22h30, em vez do horário agendado, às 20h30.

    “As ações dos réus constituem não apenas uma violação de seus contratos, mas também um exercício deliberado de publicidade enganosa, representação negligente e práticas comerciais injustas e enganosas”, escrevem os advogados dos dois homens.

    Os fãs também dizem que “não teriam comprado os ingressos se soubessem que os shows começariam após as 22h30”, em um dia de semana. Eles alegam que deixaram o local das apresentações após 1h da manhã e dividem que muitos fãs ficaram com “opções de transporte pouco limitadas” e com preços mais altos.

    Vale ainda mencionar que além de Madonna, a ação judicial também nomeou como réus a Live Nation – que produziu as apresentações e o Barclays Center – local onde ocorreram os shows.

    Madonna lutou contra uma infecção bacteriana em junho do ano passado e cancelou a primeira etapa da turnê “Celebration” na América do Norte.