Valle Nevado adianta temporada de neve e espera 300 mil visitantes

Situado a 3.000 metros de altitude, destino no Chile queridinho dos brasileiros antecipou abertura, mas estrutura hoteleira opera a partir 21 de junho

A cerca de 60 quilômetros do aeroporto de Santiago, Valle Nevado tem três hotéis e mais de 40 pistas
A cerca de 60 quilômetros do aeroporto de Santiago, Valle Nevado tem três hotéis e mais de 40 pistas Divulgação

CNN Viagem & Gastronomiado Viagem & Gastronomia

A temporada de inverno 2024 no Valle Nevado, no Chile, está oficialmente aberta. O início foi adiantado para esta sexta-feira (7) devido à grande quantidade de neve que caiu na Cordilheira dos Andes recentemente. A temporada estava marcada anteriormente para começar em 21 de junho, segundo Ricardo Margulis, gerente geral do Valle Nevado.

Localizado a uma altitude de 3.025 metros e distante 60 km de Santiago, o centro de esqui recebeu no inverno do ano passado quase 250 mil pessoas. Para este ano, a expectativa é aumentar o número.

“Esperamos que este inverno seja ainda melhor e estamos prontos para receber 300 mil pessoas, ou seja, um terço do total de turistas que vêm para a neve no Chile”, diz Margulis.

Os três hotéis do Valle Nevado só abrem as portas no fim do mês: Puerta del Sol e Tres Puntas operam a partir do dia 21 de junho, enquanto o Hotel Valle Nevado abre no dia 28. Durante o período do inverno, a expectativa dos hotéis locais é de atingir taxas de ocupação superiores a 90%.

Brasileiros no Valle Nevado

Entre os hóspedes, os brasileiros formam a nacionalidade mais importante do público do Valle Nevado: dos 80% de estrangeiros, 60% são do Brasil. Argentinos, estadunidenses e europeus aparecem em seguida.

Os visitantes diários, aqueles que sobem a montanha e voltam no mesmo dia para dormir na capital chilena e arredores, também representam um número significativo no local. Do total, 70% deles são do próprio país e 30% estrangeiros, com os brasileiros novamente respondendo por 60% desta fatia.

Além dos três hotéis, o resort de esqui conta com sete restaurantes, dois bares, mais de 40 pistas de esqui ou snowboard, 15 teleféricos, boulevard de lojas e apartamentos residenciais. Há uma escola de esqui com mais de 150 instrutores, Jardim da Neve para o ensino de crianças a partir dos quatro anos de idade e áreas para locação de equipamentos, roupas e acessórios.

Conexão com La Parva

Neste ano, titulares dos passes da temporada do Valle Nevado podem frequentar a estação de esqui La Parva, também na área metropolitana de Santiago, sem nenhum custo adicional.

Juntas, as duas áreas somam 2.023 hectares, 30 teleféricos e 80 pistas, que durante as últimas nevascas receberam mais de um metro de neve powder, que indica uma neve recém-caída.

Além de Valle Nevado, a estação chilena de Portillo, a cerca de 164 quilômetros da capital, também anunciou a antecipação da temporada devido à grande quantidade de neve.